Search

Julho Amarelo: Mês de Prevenção as Hepatites Virais

Updated: Aug 10

A transmissão pode ocorrer por via sanguínea, de mãe para filho durante a gravidez. Além de relações sexuais desprotegidas, compartilhamento de seringas e objetos cortantes.



O julho é o mês que marca o combate às hepatites. As hepatites virais são doenças muito prevalentes em nível global, causando cerca de 1,4 milhão de mortes ao ano no mundo. Comparando com outras doenças infecciosas conhecidas, elas infectam nove vezes mais pessoas do que o HIV e são a segunda maior causa de morte entre as doenças infecciosas depois da tuberculose.


As hepatites são doenças que apresentam uma fase aguda (ocorre logo após o contágio) e uma fase de cronificação (quando nosso sistema imunológico não consegue eliminar o vírus na fase aguda, persistindo a infecção por muitos anos).


Leia também: Tecnologia e medicina devem andar juntas


As hepatites virais causam inflamação do fígado, que na fase aguda pode levar a sintomas como cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras. Na fase crônica, em geral não ocasionam sintomas, mas seguem inflamando o fígado de forma silenciosa, podendo evoluir para cirrose e até mesmo câncer de fígado.


Em geral, são evitáveis (a transmissão ocorre por contato com sangue contaminado através de compartilhamento de seringas, fômites perfuro-cortantes e, no caso da hepatite B com maior frequência que a C, também por via sexual). Existe vacina para hepatite B, altamente segura e eficaz.


Leia também: Felicidade e Esporte: Como a prática da atividade física melhora o humor das pessoas


Além das medidas preventivas, elas são tratáveis e, no caso da hepatite C, curável, com apenas 3 meses de tratamento, através de medicação fornecida pelo SUS, em comprimidos e muito segura. No entanto, mais de 80% das pessoas que vivem com hepatite carecem de serviços de prevenção, testagem e tratamento.


Portanto, é de suma importância a realização de testes para hepatites virais, idealmente em todos os adultos com mais de 45 anos, com especial atenção a indivíduos com maior risco (quem recebeu transfusão de sangue antes de 1992, usuários de drogas injetáveis, indivíduos HIV positivos, em hemodiálise, privados de liberdade).


Solicite ao seu médico para realizar a testagem das hepatites virais, doenças que podem ser prevenidas e tratadas precocemente, evitando complicações futuras que podem levar até mesmo à morte.


Com o esforço e conscientização de todos, podemos obter sucesso na prevenção e tratamento destas doenças, levando a redução significativa de seus índices, salvando vidas e no futuro, quem sabe, se não as erradicarmos, diminuiremos significativamente seu impacto na saúde da população!


16 views0 comments

Recent Posts

See All